Notícia postada em 15/12/2016
Encontro Nacional dos Movimentadores de Mercadorias começa centrado na força dos trabalhadores
Lideranças sindicais e autoridades jurídicas recebem homenagens dos movimentadores de mercadorias

em São Paulo
Imprimir  
 

Teve início, na manhã desta segunda-feira (21), o Encontro Nacional dos Movimentadores de Mercadorias da CSB. Com o objetivo de debater questões fundamentais da lei que regulamenta a profissão (Lei 12.023/2009), bem como das atividades de movimentação e as condições dos trabalhadores avulsos da categoria, o evento acontece nos dias 21 e 22 e tem transmissão ao vivo pelo site da CSB. Clique aqui para acompanhar.

Na abertura do Encontro, Alfredo Ferreira de Souza, vice-presidente da CSB e presidente da Federação dos Movimentadores de São Paulo (Fetramesp), afirmou que as entidades de representação da categoria tiveram papel importante no atual momento de instabilidade econômica.

“ Uma categoria que, no meio da crise, as entidades sindicais dos movimentadores de mercadorias conseguiram tirar da informalidade 23 mil trabalhadores, além de 7 mil moradores de rua, para ele ser reconhecido como ser humano normal”, destacou.

Após declarar Antonio Neto como “ homem de confiança” da categoria, Souza relembrou a luta de Narcizo Cambuí e Nicanor José da Silva contra a exploração e o regime de trabalho escravo ao quais os movimentadores de mercadorias eram submetidos. “ Havia empreiteiros que faziam os trabalhadores de escravos .Muitos deles faleceram sem nunca receber o direito à aposentadoria. Mas esses dois homens conseguiram eliminar todos os empreiteiros exploradores do estado de São Paulo por dez anos”, relatou o dirigente.

Clique para continuar